Blog do Jetro

sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Máfia enterra lixo tóxico na Itália...



Contaminação está aumentando o número de casos de câncer
Autoridades italianas varreram esta semana o coração do território da Máfia, em busca de barris de lixo tóxico enterrados na região.
Dois presidiários, ex-membros da organização criminosa tornados informantes, identificaram o campo como um dos locais secretos de descarte de resíduos tóxicos, perto de uma região ao norte de Nápoles conhecida como Triângulo da Morte, por causa do surgimento de um número preocupante de casos de câncer.
Um grupo ambiental estima que 10 milhões de toneladas de lixo tóxico foram ilegalmente enterradas desde o começo dos 1990, gerando bilhões de dólares de lucro para a Máfia. Estes resíduos contaminaram de forma perigosa o solo e a água.
Estas ações foram fartamente documentadas, mas a crise do lixo piorou com o problema paralelo de sua queima, que deu à região um outro apelido, Terra dos Incêndios. A questão agora é se as autoridades vão encarar os criminosos e limpar a sujeira, se é que ela pode ser limpa.
“O ambiente aqui está envenenado”, disse o cardiologista Alfredo Mazza, que detectou um crescimento alarmante da ocorrência de câncer na região já num estudo de 2004, publicado no Lancet. “É impossível limpar tudo. A área é muito vasta. Estamos vivendoem cima de uma bomba”.
Um grupo de mães italianas protestou ontem em frente ao palácio do governo em Roma, pela morte de suas crianças. Um padre da região de Nápoles, Maurizio Patriciello, as acompanhou na manifestação.
Elas viajaram para a capital como representantes de cerca de 150 mil mães que enviaram ao presidente italiano cartões postais com as fotos de crianças atingidas pelo câncer, na espera de que o governo dê um fim aos crimes ambientais cometidos em sua região há décadas, informa a NBC News.
link: http://planetasustentavel.abril.com.br/blog/planeta-urgente/mafia-enterra-lixo-toxico-na-italia/