Blog do Jetro

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

EU SOU NEGÃO...




Eu sou filho de NEGRA! (com russo...)

Minha mãe, dona Eunice Menezes (faleceu em 10 de julho de 1997 e sinto saudades até agora...), era filha de negra. Negra mesmo! Minha avó, a Dona Zica, era daquelas cozinheiras de primeira. Chegou a cozinhar na casa de alguns bacanas brancos que não vou citar os nomes. 
Lembro da minha avó fazendo bala de coco. Ela usava uma bancada enorme na cozinha dela. Eu ficava sentado, olhando e comendo umas balinhas que ela me dava.

Sei que tenho o sangue negro correndo nas minhas veias. Tenho a pele branca, mas tenho sangue de negrão correndo nas veias.

Este sangue negro me deu algumas habilidades, como: tocar percussão, gostar de samba, gostar da cultura afro, ter muitos amigos negros e participar das reuniões do Movimento Negro Unificado, logo no inicio das campanhas do Lula para Presidente. Também toquei e dancei numa banda afro: Bata Coto (Prof. Pitanga) e fui aos ensaios daquela banda afro que ensaia ou ensaiava na quadra do Mocidade Alegre. 

Gosto de Carnaval, das Escolas de Samba. Já desfilei nos Gaviões da Fiel. Fui ao sambódromo de SP e até pro Rio de Janeiro ver o Carnaval.

Quero mandar um beijo e um abraço pros amigos e amigas afro-descendentes (não gosto muito de usar esse termo, mas...): Ricardo, Nico, Jairo, Alessandra, Koke, Zeca do Vai Vai, Cris, Tiba, Sérgio, o Negão (apelido) e todos os amigos negros e negras desse mundo afora!

Boa sorte sempre!

jetro menezes