Blog do Jetro

segunda-feira, 3 de junho de 2013

BRASIL = 5.568 MUNICÍPIOS, MENOS DE 10% ENTREGARAM PLANO DE RESÍDUOS.

ATÉ O PRESENTE MOMENTO menos de 10% dos municípios brasileiros entregaram os Planos de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos - PGIRS.

As Prefeituras que trabalhei não podem se queixar. Primeiro Plano elaborado foi o de Franco da Rocha e atualmente o de Mairiporã.

Durante esse período, recebemos a visita de muitos Consultores e "especialistas" em resíduos...ouvi cada uma que até assusta!!!

Mas, a nossa profissão nos remete à esses desafios e temos que enfrentá-los. Os "especialistas" vem com fórmulas inovadoras e mágicas. Aquelas do tipo: seus problemas acabaram...

Mas, a gente ouve com toda a paciência possível os "especialistas" que, na verdade, nunca abriram um saco de lixo, nunca implantaram um programa de coleta seletiva, nunca fizeram um Plano pra Prefeitura ou Empresa...

Mas, a gente ouve...rsrs

Abaixo algumas informações extraídas de uma matéria na Revista Carta Capital.

link da matéria: http://www.cartacapital.com.br/sustentabilidade/lixo-muita-sujeira-para-baixo-do-tapete-367.html

"...para entender as conclusões do Panorama dos Resíduos Sólidos no Brasil, divulgado recentemente pela Abrelpe (Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais). Em 2012 a geração de lixo por habitante chegou à casa dos 383 quilos anuais, o que representou quase 64 milhões de toneladas de resíduos gerados no País durante o ano passado. Os números correspondem a um aumento de 1,3% em relação ao relatório de 2011, maior do que o crescimento populacional de 0,9% constatado no mesmo período.


Mais grave do que o aumento progressivo na geração de resíduos é a quantidade de 24 milhões de toneladas que tiveram uma destinação irregular, ou seja, descartados no mínimo de maneira inadequada em aterros apenas controlados, lixões e até mesmo em rios, córregos e terrenos sem qualquer preparo para receber esses materiais.


Só para ficar em um número emblemático, há dez anos eram recolhidas 166 mil toneladas de lixo por dia e agora esse montante atingiu a marca de 201 mil toneladas diárias. Enquanto, no período, a população brasileira cresceu pouco menos de 10%, a geração do nosso lixo de cada dia subiu para 21%.".